ConnectArch Summit :: Confira os melhores momentos do primeiro dia do evento

Primeiro dia de ConnectArch Summit discute conexões com a natureza, tecnologias construtivas e plataformas de relacionamento para arquitetos e designers.

Começou nesta terça-feira (20), o ConnectArch SummitDesign em edição, promovido pela Eliane e Decortiles. Com mediação do arquiteto Renato Mendonça e Vivian Sipriano, o primeiro dia do evento reuniu Marva Griffin, fundadora e curadora do Salão Satélite de Milão, Gabriele Salvatori, designer renomado, especialista e premiado por seus trabalhos inovadores com pedras naturais, Lula Gouveia, arquiteto do criativo escritório Superlimão, Guto Requena, reconhecido profissional que se destaca pelo design como reflexão de memória, cultura e poética, e o criador de conteúdo e marketing digital, Paulo Cuenca.

connectarch summit

Em formato de entrevista, feita pelo jornalista, arquiteto e crítico de design Marcelo Lima,  Marva Griffin, destacou a necessidade do jovem profissional ter formação em uma boa escola de design, ser curioso, informado e autoral em suas criações desde o princípio. Ela contou ainda que, para participar do Salão Satélite de Milão, o designer deve ter menos de 35 anos e apresentar um material absolutamente inédito, que passará pelo crivo do comitê de curadoria do evento. Venezuelana, Marva falou também sobre o papel fundamental da natureza como fonte de inspiração para os profissionais da América Latina, como os Irmãos Campana, citados por ela como um exemplo de criatividade.

Lima também conduziu a conversa com Gabriele Salvatori. O  designer  falou sobre o processo de desenvolvimento de revestimentos feitos a partir de sobras de mármores, com texturas inspiradas em materiais como bambus. Salvatori contou que a ideia para o produto veio da necessidade de se evitar o desperdício e descarte desta rocha ornamental. Apaixonado pelo Brasil, o profissional destacou a beleza dos quartiztos brancos brasileiros.

Arquitetura Vernacular, forma de construção que usa materiais locais, técnicas tradicionais, tipologias regionais, foi o tema da palestra de Lula Gouveia, do escritório SuperLimão. O arquiteto contou sobre sua experiência em uma tribo indígena do Xingu e como as contruções dessas aldeias são exemplos de arquitetura social, envolvendo toda a comunidade. Em seguida, Gouveia contou como essas técnicas construtivas são utilizadas em projetos do Superlimão.

guto

O arquiteto e designer Guto Requena falou sobre o uso da tecnologia como uma ferramenta para aproximar pessoas presencial ou remotamente, e como uma arquitetura empática pode mudar a maneira como as pessoas interagem com suas casas e com a cidade. Requena também contou como centros urbanos o inspiram em suas criações e como o mobiliário urbano podem funcionar como pontos de humanização e poesia na cidade.

Encerrando o primeiro dia, Paulo Cuenca deu dicas valiosas sobre como tornar as redes sociais um instrumento valioso para fechar negócios. O produtor de conteúdo falou sobre a necessidade do público conhecer a origem e valores do profissional a quem segue, sobre a importância de construir uma narrativa clara, dar dicas e inspirações, sempre mesclando o apelo emocional ao profissional.

Assista ao vídeo com os melhores momentos do primeiro dia:

O ConnectArch Summit é uma iniciativa do programa de relacionamento para arquitetos e designers de interiores ConnectArch, das marcas Eliane e Decortiles. O evento segue até quinta-feira (22) com a proposta de repensar identidades pessoais e coletivas, inovações, criatividade e hábitos de uso e consumo em um mundo em constante mudança e aceleração. As inscrições seguem abertas e podem ser feitas gratuitamente pelo site connectarch.com.br/summit/.